É na fronteira entre o concelho de Moimenta da Beira e de Vila Nova de Paiva que se apresenta o parque fluvial de Segões. A poucos metros da estrada nacional, e junto à povoação de Segões, é uma pequena maravilha dos Moimentenses e de quem o visita. Fui até lá, num time off natureza encantador.

Outono, outubro, e um dia maravilhoso. Sol brilhante e temperaturas a rondar os 30º c, e o parque à minha espera. Vi-o do carro, da estrada nacional. Poucos metros os separam. A paisagem, o enquadramento, um paraíso quase secreto… As cores do verão a misturarem-se com as cores do outono, e o verde fresco, quase fluorescente, como pano de fundo. Um silêncio quase absoluto quebrado por um ou outro veículo que passava na estrada, mais os sons da natureza. Os melhores de todos. Suaves, leves, terapêuticos. Um convite ao sossego e à calma interior. E claro está, a corrente banhada pelo rio Paiva, um magnífico espelho formado por águas com uma cor mais escura que o habitual, justificada pela presença de sais minerais. Razão que as torna atrativas e muito procuradas para combater doenças de pele. Águas santas!

O espaço compreende um parque de merendas, instalações sanitárias e um bar-restaurante. Abertos ao público durante a época balnear. É o seu todo, o parque, que o torna num belo local para ir a banhos, para descansar, para desfrutar, ou simplesmente para passear … É lindo!

Deixe uma resposta